QUARTO COMPARTILHADO ENTRE AS CRIANÇAS, PODE DAR CERTO?

QUARTO COMPARTILHADO ENTRE AS CRIANÇAS, PODE DAR CERTO?

Otimizar o espaço de um apartamento pequeno, é sempre um trabalho árduo, principalmente quando se tem filhos. Aproveitar o quarto das crianças então?! Nem se fala. São muitos brinquedos, roupinhas, a decoração para deixar o quarto mais aconchegante… E fazer tudo isso quando elas dividem o mesmo quarto, parece quase impossível!

No post de hoje, a Valcenter trouxe algumas dicas para facilitar essa divisão e evitar as brigas! É só continuar lendo.

Quando os pequenos são do mesmo sexo, entrar em consenso é muito mais fácil. Mas quando esta não é a realidade ou mesmo quando há uma discrepância muito grande entre as idades, as soluções precisam agradar a todos.

MÓVEIS PLANEJADOS

Opte por móveis planejados. Pode parecer clichê, mas eles aproveitam cada cantinho do ambiente, o que, quando se tem a necessidade de dividí-lo, é essencial. Além de fazer uso do espaço aéreo do quarto, que muitas vezes é esquecido, você ainda pode planejar tudo de acordo com as preferências e as necessidades suas e também das crianças.

CORES NEUTRAS

Em se tratando de um quarto para dividir entre um menino e uma menina, tente inovar. Experimente utilizar cores “neutras” e que não remetam a um universo especificamente, como por exemplo o cinza, o amarelo, o branco, o laranja e até mesmo o preto. Utilize a criatividade, mas lembre-se que é um ambiente que obrigatoriamente deve transmitir leveza, conforto e estimular a imaginação das crianças.

BELICHE

Optar por uma beliche, pode solucionar boa parte dos problemas. Se for uma beliche também planejada, você ainda pode acoplar uma escrivaninha à cama. Desta forma, o quarto ganha mais espaço para o armário, para cômodas e também para os brinquedos.

LEMBRE-SE

Cada um possui suas particularidades e seus gostos pessoais, mesmo quando crianças. Tornar o ambiente agradável para ambas as partes, é diferente de limitar a decoração a fim de fazê-la completamente neutra.  Para facilitar, utilize os gostos em comum entre as crianças, pode ser uma cor, uma estampa, um personagem…

Mas lembre-se de dar “aquela brecha” para que seus pequenos digam do que gostam e coloquem a pitada de personalidade que falta ao espaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: