FORNO DE EMBUTIR: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

FORNO DE EMBUTIR: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Imagine a seguinte cena: sua cozinha está quase pronta e você está comprando os eletrodomésticos que faltam. Você opta por um cooktop e consequentemente precisa escolher um forno de embutir. A gás ou elétrico? Quais as vantagens de cada um? E as desvantagens? Se identificou com essas dúvidas? A gente esclarece essas e outras questões no post de hoje. Vem ver!

Há algum tempo, fizemos um post completíssimo, explicando tudo o que você precisa saber sobre cooktops: os modelos disponíveis no mercado, as diferenças entre eles e as vantagens e desvantagens de cada um. Se você ainda não leu, clique aqui.

De maneira geral, esse fogão é só alegria. O que muitas pessoas se esquecem, é que ao optar por um cooktop, você abre mão do forno tradicional, e eis que por este motivo, podem surgir diversas dúvidas na hora de escolher o seu forno de embutir.

Logo de início, temos um ponto positivo a favor do forno de embutir, nos quesitos estética e ergonomia: ele dispensa a instalação convencional (abaixo do fogão) e consequentemente, deixa esse espaço disponível para você usar da forma que preferir; e possibilita a instalação em pontos mais altos, como em uma torre quente, que além de proporcionar um ar super moderno ao ambiente, facilita o preparo de alimentos e evita que você precise abaixar sempre que precisar retirar algum prato do forno. Seja por motivos estéticos ou ergonômicos, fazer uso desses eletrodomésticos separadamente, traz muitas vantagens!

Além desses dois pontos, ainda é necessário avaliar as opções que o mercado disponibiliza. O forno de embutir pode ser encontrado em dois modelos:  à gás e elétrico.

FORNO DE EMBUTIR À GÁS

Vantagens:

  • O consumo de energia elétrica é bem baixo, considerando que só é utilizada para o acendimento automático e para a lâmpada interna.
  • Esfria e esquenta mais rapidamente
  • É considerado a melhor opção para pratos que exigem um longo cozimento, como por exemplo, assados.
  • Caso haja queda na energia, você pode continuar cozinhando normalmente

Desvantagens:

  • Requer duas saídas de gás: uma para o cooktop (caso funcione à gás também) e outra para o forno. No caso de haver só uma, não será possível ligar o cooktop os dois ao mesmo tempo, então atente-se!
  • A temperatura de um forno a gás pode não ser tão precisa quanto a de um forno elétrico, além disso o calor não circula uniformemente lá dentro.
  • Mais difícil de limpar do que o forno elétrico.
  • A instalação é um pouco mais cara. Necessita de mão de obra especializada.
  • Tem risco de vazamento de gás.

FORNO DE EMBUTIR ELÉTRICO

Vantagens

  • Possuem melhor controle da temperatura;
  • Se programado, desliga automaticamente no fim do preparo;
  • A distribuição do calor é melhor, o que proporciona um cozimento uniforme sempre;
  • Mais fácil de limpar;
  • Maior velocidade no preparo;
  • Possui grande gama de tamanhos para um melhor aproveitamento de espaço na cozinha;
  • Mantém o calor por mais tempo mesmo depois de desligado. Isso é útil para manter os pratos quentes.

Desvantagens:

  • Consome cerca de 40% a mais de energia elétrica do que o forno a gás;
  • Poucos são bivolt. A maior parte das opções do mercado são 220v;
  • Custo mais elevado;
  • Demora mais para esquentar e para o calor se dissipar (cerca de 20 minutos para atingir a temperatura);
  • O preparo pode ser perdido se faltar energia.

Viu só como é simples de entender? Ficou com alguma dúvida? Comenta aqui, que a Valcenter te ajuda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: