HORTA NO APARTAMENTO: PLANTANDO TEMPEROS

HORTA NO APARTAMENTO: PLANTANDO TEMPEROS

O número de pessoas interessadas no cultivo orgânico em casa, não para de aumentar. Além dos muitos benefícios que esse tipo de cultivo traz, imagina só a praticidade de usar temperos colhidos diretamente da sua horta!

Há algum tempo, fizemos um post mostrando algumas árvores frutíferas que podem ser plantadas em vasos, ideais para quem mora em apartamento! Agora chegou a vez dos temperos, dos condimentos e de algumas ervas perfeitas para aprimorar o sabor de muitas refeições.

Quem cozinha sabe que o principal segredo para um prato saboroso, são os ingredientes frescos. Além de colorir o prato, eles possuem sabor e aroma inigualáveis!

Tendo em vista os diversos benefícios que o cultivo desses temperos trazem e a facilidade de se ter uma horta sempre à mão, decidimos desta vez, abordar o cultivo temperos, condimentos, ervas e hortaliças. Se interessou? É só continuar lendo!

O primeiro passo para dar início ao planejamento de uma horta de temperos no seu apartamento ou na sua casa é escolher bem o local onde ela será montada. Este local – assim como o local escolhido para plantar mini árvores frutíferas- deverá receber luz solar direta, ou até mesmo indireta, posto que é fundamental para o bom desenvolvimento das plantas. A maioria das espécies necessita de pelo menos quatro horas diárias de exposição ao sol (preferencialmente o da manhã ou do fim da tarde). É importante lembrar que a preparação da terra e a boa manutenção também são passos importantíssimos.

A seleção dos temperos que serão cultivados é uma etapa muito importante e que merece atenção. Opte por hortaliças com raízes curtas, como por exemplo: Coentro, cebolinha, salsa… Ervas que desenvolvem longas raízes, não se adaptam a solos sem profundidade.

Confira alguns dos cultivares ideais para cultivo em apartamentos.

Alecrim

O alecrim é ideal para quem não dispõe de muito tempo para se dedicar ao cultivo. A espécie adapta-se facilmente a diferentes temperaturas desde que não sejam muito altas ou baixas. O solo para plantio de alecrim deve ser regado com frequência. No entanto, depois de desenvolvida é possível que ela fique até 3 dias sem rega. Pode ser colhido 90 dias após ter sido plantado. Muito usado em diferentes tipos de carnes, peixes e legumes, principalmente assados.

Orégano

O orégano sobrevive a temperaturas extremas, porém o ideal é plantá-lo em locais onde a temperatura se mantenha entre 21°C e 25°C. A planta necessita de pelo menos 4 horas de luz solar direta. O solo que recebe esta planta não deve ficar nem muito seco, nem muito úmido. As folhas podem ser colhidas após a planta atingir cerca de 20 cm de altura. Uma boa dica é que o orégano, quanto mais exposto ao sol, mais aromáticas serão suas folhas. Pode ser usado em molhos, assados e pizzas.

Hortelã

A hortelã merece uma atenção, pois possui raízes invasoras que não gostam de vizinhos. Sendo assim, é necessário que o plantio dela seja realizado em vaso, posto que sua raiz é muito profunda e diretamente no solo ela pode se tornar uma praga. Deve ser plantada em locais protegidos do vento e em que a temperatura seja amena. O solo precisa ser mantido úmido.

A hortelã é uma planta que requer bastante água. Quando a planta está ganhando flores o sabor e o aroma são mais intensos, por tal motivo é recomendada a colheita nesta época. Pode ser usada em sumos, molhos, grelhados, assados, sobremesas e na decoração de pratos.

Manjericão

Esta querida e super perfumada planta precisa ser cultivada em locais em que a temperatura seja superior a 18°C e com bastante exposição solar. Pelo menos 3 horas de luz solar direta diárias são necessárias para a planta. Assim como a hortelã, o manjericão é uma planta que necessita de bastante água, por isso é necessário regá-lo diariamente mas de forma moderada para que não o encharque. A colheita das folhas pode ser feita entre 60 a 90 dias após o plantio. Use o manjericão em carnes brancas (frango, perú), omeletes, molhos para massas e carnes.

Salsa

Aprecia muito temperaturas amenas que não ultrapassem os 22°C. Caso não seja cultivada nesta condição começará a dar flor de forma precoce. A salsa deve ser mantida em locais com sombra parcial para que esta absorva a luminosidade mas que não permita que a planta fique exposta demais a altas temperaturas. O solo deve ser mantido úmido mas nunca encharcado. A colheita é feita quando a planta atinge entre 12 a 16 cm de altura (60 a 90 dias após ter sido plantada). A salsa é geralmente usada em omeletes, sopas, saladas, assados de carne e suflês.

Cebolinha

A cebolinha cresce melhor em temperaturas indo de 13°C a 24°c, mas há cultivares que podem suportar baixas temperaturas e outros que podem crescer bem em altas temperaturas. Para o bom desenvolvimento necessita de luz solar direta por ao menos algumas horas diárias. Em relação ao solo, deve ser bem drenado e rico em matéria orgânica. O solo deve ser irrigado com frequência mas nunca de maneira que fique encharcado. A colheita de folhas da cebolinha pode começar entre 75 e 120 dias após o plantio. As folhas devem ser colhidas por inteiro, junto à base, e não pela metade.

Usa-se os talos em saladas, omeletes e outros pratos com ovos. Podem ainda ser salpicados em sopas, batatas assadas, purê de batata ou servidos crus na decoração de pratos. A cebolinha fresca sempre deve ser adicionada no final do preparo.

Folha de louro

O louro também pode ser plantado a partir de sementes em um pequeno vaso. No entanto, como ele cresce bastante, pode ser necessário transferí-lo para um espaço maior, de acordo com o seu desenvolvimento. O ideal é colocá-lo perto de uma janela que não receba luz solar direta. Ele também precisa de boa ventilação e pouca água.

O tempero é muito utilizado em cozidos, assados, sopas, marinadas e molhos de macarrão. O louro também dá um sabor ótimo em molhos brancos e de queijo, por exemplo o molho béchamel.

Tomilho

É famoso pelo sabor picante e é uma especiaria que vale a pena ter no jardim, pois além de enfeitar os canteiros, faz bem à saúde. Vai bem em carnes vermelhas, molhos, legumes e peixes. É uma erva rústica, que não precisa de muitos cuidados.

O tomilho não precisa de muita água. A dica para descobrir se é hora de regar é colocar o dedo na terra e só molhar a planta se o substrato estiver seco. O tempero também não é exigente quando à adubação. Quando a planta estiver com 15 cm – o que acontece cerca de 15 dias após o plantio da muda, ou em 60 dias no caso do plantio por sementes -, os ramos já podem começar a ser podados e usados na culinária. Corte-os com uma tesoura e jamais arranque apenas as folhas, pois isso danifica a planta.

Há maneiras de preparar hortas em vasos, em jardineiras e até nas paredes. O fator principal é o local, que requer bastante luz solar, além da manutenção das plantinhas. Já as opções de cultivo em apartamentos são diversas e variam de acordo com o gosto pessoal de cada um.

     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: